Como Escolher e Controlar mais de Perto suas Ações

6 de abril de 2011 - por Ação Jovem

Como Investir em Ações: Por Onde Começar?

5 de abril de 2011 - por Ação Jovem

Entenda Melhor o Mercado de Ações

4 de abril de 2011 - por Ação Jovem

  • Antes de se lançar no mundo dos investimentos, é importante você ter uma organização financeira equilibrada (veja aqui como melhorar a sua) e conhecer os riscos e possibilidades do mercado.

    Atenção: se a linguagem técnica do mercado financeiro ainda é nova para você, consulte nosso glossário e veja algumas das definições básicas.

    POR QUE INVESTIR?

    Atualmente, a maior parte dos investidores tem o mesmo objetivo: obter maiores ganhos nos investimentos. Para se atingir esse objetivo, existe um enorme número de possibilidades no mercado, mas cada uma adequa-se a um perfil diferente de investidor – que vai desde o mais agressivo até o mais conservador.

    Mas uma coisa não muda: em geral, não se faz um investimento hoje para sair dele amanhã. Um investidor deve entender a compra de ações como a compra de um bem – por exemplo um carro ou uma casa.

    Ele pode optar por aplicações que funcionariam como uma “poupança” a longo prazo, tendo riscos menores. Mas, se quiser, pode também buscar retornos significativamente maiores, sabendo que as aplicações desse tipo estão associadas a riscos maiores e prazos também maiores.

    CORRETORAS

    Um intermediário financeiro (Corretora) dispõe de profissionais especializados, capacitados a dar orientações sobre investimentos, receber ordens dos investidores e transmiti-las aos operadores qualificados por ele – que têm acesso ao sistema de negociação das Bolsas. Por isso, o primeiro passo a ser feito na hora de investir é procurar uma corretora.

    Elas podem ajudar você de muitas maneiras:

    • Orientação sobre quais ações escolher, de acordo com o seu objetivo financeiro;

    • Suporte para entender o funcionamento da Bolsa;

    • Definição do seu perfil de investidor;

    • Plataforma online para você investir pela internet diretamente;

    • Entrega de Relatórios de recomendação de ações, informativos, etc.

    • Assessoria de profissionais especializados em análise de mercado, de setores da economia e de companhias.

    • Informações sobre novos produtos no mercado, para garantir a diversificação da sua carteira de investimentos;

    • Informações sobre o recebimento de dividendos e outros bônus que as empresas pagam aos acionistas.

    No site oficial da Bovespa, existe um sistema de busca que pode ajudar você a encontrar uma corretora que atenda a suas necessidades e objetivos. Encontre a sua: Busca de Corretoras.

    Leia +

Organize Suas Finanças Pessoais

2 de abril de 2011 - por Ação Jovem