Novidades

[Artigos] “Como a queda no movimento dos restaurantes antecipou o crash de 2008″, por Richard Rytenband

13 de julho de 2015 - por Ação Jovem sem comentários

  • As despesas com restaurantes são consideradas não essenciais, portanto são um bom termômetro da confiança do consumidor e como anda sua situação financeira, já que no primeiro sinal de crise, os primeiros cortes no orçamento doméstico são justamente nesse tipo de despesa.

    Por essa razão, o Restaurant Performance Index, apurado pela The National Restaurant Association, é um bom exemplo de como podemos extrair bons insights de uma forma pouco convencional. Este índice composto fornece uma perspectiva da indústria de restaurantes nos EUA.

    Como podemos observar no gráfico abaixo, no final de 2007 enquanto o índice de ações S&P500 avançava, o índice Restaurant Indez já apresentava uma queda significativa, alertando que a confiança do consumidor estava baixa e principalmente, mostrava que uma deterioração da renda estava em curso.

    Em outras palavras, o cenário até então precificado pela bolsa divergia da realidade da economia. Poucos meses depois se iniciou o forte mercado de baixa de 2008.

    No cenário atual, podemos observar que o índice se encontra bem acima de 100, o que significa expansão desta indústria, e não avaliza a hipótese que a economia americana está na iminência de uma recessão.

    Infelizmente, no Brasil ainda somos carentes de índices que permitam uma análise mais criativa, explorando diferentes óticas da economia.

    Mas já que eles não existem, que tal criarmos?Richard-Restaurant

    Richard Rytenband é economista pela PUC-SP e tem MBA em Gestão Financeira com ênfase em Investimentos e Mercado de Capitais pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). É também palestrante e professor de Economia e Finanças. Comprou sua primeira ação na bolsa de valores com 14 anos e desde então atua no mercado financeiro. É credenciado pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) para divulgar análises de valores mobiliários. Cofundador e Coordenador Pedagógico da InfoPRO Timos e Timos ®, também é criador e produtor, ao lado de Felipe Okazaki, dos jogos educativos: “A Pequena Grande Crise (2008), A Pequena Grande Crise 2: A Ameaça Agora é Outra (2012) (www.apequenagrandecrise.com.br) e Ciladania (http://www.ciladaniasp.com.br/). 

     

Comentários