Novidades

Juros a 200% ao ano? Parece mentira, mas é no Brasil!

27 de janeiro de 2015 - por Ação Jovem sem comentários

  • Nesta terça-feira, o Banco Central divulgou um dado impressionante: os juros do cheque especial para pessoas físicas subiram para 200,6% ao ano em dezembro de 2014. É a maior taxa em quase 16 anos – a pior desde fevereiro de 1999, quando eram cobrados juros de 204,3% ao ano para esta modalidade de crédito. Em apenas um ano, a taxa subiu 52,7 pontos porcentuais.

    Dados recentes levantados pelo GuiaBolso, uma plataforma de gestão de orçamento doméstico, mostrou que 22% dos correntistas brasileiros fecharam 2014 no vermelho. O saldo negativo inclui dívidas com cheque especial e adiantamento ao depositante, duas modalidades que cobram juros altos. O adiantamento a depositante é um crédito adicional concedido pelo banco para cobertura de eventual saldo devedor em conta corrente.

    Só pela utilização do cheque especial, a pesquisa mostrou que foi pago um valor médio de juros de R$ 234,00 em dezembro, aumento de 30% em relação a agosto.  Os dados fazem parte de um levantamento feito pelo GuiaBolso entre 24 e 31 de dezembro de 2014 e consideram uma amostra de 16.612 usuários do aplicativo e do site.

     

Comentários