Novidades

Tá na hora de investir na casa própria?

19 de novembro de 2011 - por Ação Jovem sem comentários

  • Para entender tudo isso, vamos lá: o imóvel é considerado um bem de raiz,
    ou seja, algo palpável, que você encosta, pode olhar e sentir, diferente dos ativos financeiros
    e outros tipos de investimento. Por isso ter a casa própria, em muitos casos, é um investimento com maior segurança em relação aos outros.

    Mas por que muitos brasileiros preferem outros tipos de investimento? Segundo o economista Luiz Roberto Calado, o brasileiro é carente de informações sobre o mercado imobiliário. “Há uma estatística de que, em vida, as famílias negociam cerca de 1,7 imóveis, ou seja, muita gente vai adquirir apenas um imóvel na vida inteira.”

    Ainda segundo Calado, o primeiro passo na hora de adquirir a sua primeira casa própria é planejamento. “É necessário saber se o comprador possui fôlego financeiro, disciplina e poupa algum valor para o seu objetivo. Organização nessa hora é fundamental”, completou Calado.

    Ser um bem de raiz é a grande vantagem deste tipo de investimento. “Se tudo der errado nos investimentos, você vai ter onde morar. Ninguém pode morar no papel da Petro (risos), o imóvel existe na forma física”, brincou Calado. Com o planejamento em dia, você deve ficar atento aos riscos na hora de comprar a sua casa própria. Ele deu uma força nessa também e enumerou alguns deles:

    De natureza jurídica: O risco de adquirir algum imóvel que tenha impedimentos legais.

    Das naturezas: É quando há algum grande acidente ao redor do imóvel causado. Ex: Como quando houve o acidente no metrô em Pinheiros.

    Do envolvimento urbano: A possibilidade de surgir alguma habitação irregular nas proximidades, ou construção de alguma obra que modifique drasticamente a paisagem e a movimentação do local.

    Da compra na planta: Quando se compra o imóvel antes da sua construção, você corre o risco da construtora atrasar, ou até mesmo não entregar o seu imóvel.


    O mercado imobiliário brasileiro vive um momento de expectativa, principalmente a cidade do Rio de Janeiro. A Copa do Mundo e as Olimpíadas de 2016 influenciam muito a dinâmica de preços. Vale lembrar que o mercado imobiliário é cíclico. Assim como a bolsa de valores, ele possui altas e baixas, mas claro que em menor escala. Observamos no Brasil um grande número de lançamentos e a alta dos preços, nos últimos três anos. Portanto é bom avaliar com cuidado o investimento. “Não vejo essa bolha como insustentável. Houve uma alta nos preços, mas podemos observar a estabilidade e até mesmo a queda deles nos últimos meses”, revelou Calado sanando a dúvida da Laura Lou.

    E ai? Está empolgado para fazer o pé de meia da sua futura casa própria? Variar os seus investimentos é muito importante. Investir no mercado imobiliário é uma maneira de movimentar dinheiro e ter o tão sonhado cantinho, não é mesmo?
    Não se esqueça de planejar com cuidado, hein? Tem alguém aí já pensando na empreitada? Comente com a gente!

    Luiz Roberto Calado é economista e autor de vários livros.
    Um deles é o “Imóveis – Seu Guia para Fazer da Compra e Venda
    um Grande Negócio”, 50% do público é jovem, assim como
    você. Ele escreveu este livro, pois quando criança olhava os
    classificados e sentia curiosidade em entender a dinâmica
    de preços. Sabia que até ele teve dificuldades na hora
    de comprar seu primeiro imóvel?
    Por isso escreveu este livro, que vai te
    ajudar nesse importante passo.
    Ah! Ele também tem um site bem bacana,
    com todas as informações sobre
    ele e seus livros.
    Acessa aí: www.luizcalado.com

Comentários