Novidades

Você gostaria de ajudar no desenvolvimento do seu país, e ainda ganhar dinheiro com isso?

20 de setembro de 2011 - por Ação Jovem sem comentários

  • Se você respondeu que sim, mas não sabe como, provavelmente não saiba o que é o tesouro direto.

    O tesouro direto é um título público, ou seja, do governo. O dinheiro investido nesses títulos é usado para o financiamento da dívida pública, e ajuda a investir, por exemplo, em educação, saúde e infraestrutura.

    O investimento no tesouro direto faz parte das aplicações em renda fixa. E para quem não se lembra, é quase o mesmo que emprestar seu dinheiro e receber como pagamento os juros deste empréstimo. Então ao investir nesse tipo de título você irá emprestar o seu dinheiro para o governo, em troca de um rendimento que, atualmente, costuma ser maior do que a poupança.

        EXEMPLIFICANDO – Investimento em 2010    

        VANTAGENS DO INVESTIMENTO EM TESOURO DIRETO    

    Para investir em tesouro direto não precisa de muito dinheiro, com R$ 100,00 já dá para começar. Além disso, é fácil e prático, basta entrar no site do Tesouro Direto, escolher um agente de custódia, fazer o cadastro e começar a investir, pela internet mesmo. Existem títulos de curto, médio e longo prazo; e indexados a índices de inflação, taxa Selic ou préfixados.

    O investimento em tesouro direto hoje é considerado de baixo risco, pois está diretamente ligado ao risco país e a solidez da economia nacional.

    Com a crise mundial nas Bolsas de Valores, muitos investidores começaram a buscar alternativas de investimento à renda variável e os títulos públicos entraram nesta lista, ressaltando o ditado popular de que nunca é recomendado colocar todos os ovos em uma mesma cesta.

    Agora que você já sabe um pouquinho sobre o que é o tesouro direto, está na hora ver as características, vantagens e riscos de cada título público, e escolher qual é o ideal para você.

    LTN: Letras do Tesouro Nacional
    *É pré-fixado, ou seja, o investidor sabe qual será o retorno do título.
    *É indicado para os menos conservadores, pois está sujeito à alta da inflação de juros.
    *Tem fluxo simples: uma aplicação e um resgate
    *Indicado para o investidor que acredita que a taxa prefixada será maior que a taxa de juros básica da economia

    NTN-F: Notas do Tesouro Nacional – Série F
    * Indicado para quem busca obter um fluxo de rendimentos periódicos (cupons semestrais) a uma taxa de juros pré-definida. O investidor recebe um fluxo de cupons semestrais de juros, o que pode possibilitar aumento de liquidez e reinvestimentos.
    * É indicado para os menos conservadores, pois está sujeito à alta da inflação de juros.

    NTN-B: Notas do Tesouro Nacional – Série B
    *Indicado para o investidor que deseja uma rentabilidade pós-fixada indexada ao IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo).
    * Preço do título flutua em função da expectativa de inflação dos agentes financeiros.
    *É indicado para o investidor com um perfil mais conservador.
    * Aconselhado para o investidor que deseja fazer poupança de médio/longo prazos, inclusive para aposentadoria, compra de casa e etc.

    NTN-B Principal
    * Indicado para o investidor que deseja uma rentabilidade pós-fixada indexada ao IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo).
    *É indicado para o investidor com o perfil mais conservador
    * Formação de preços simplificada, com cálculos mais fáceis para o investidor em relação NTN-B que paga cupom de juros semestral.
    * Preço do título flutua em função da expectativa de inflação dos agentes financeiros.
    * Deixa o investidor mais tranquilo, pois elimina a preocupação e o trabalho necessários ao reinvestimento, e reduz o custo de transação.

    LFT: Letras Financeiras do Tesouro
    * Indicado para o investidor que deseja uma rentabilidade pós-fixada indexada à taxa de juros da economia (taxa Selic).
    *É indicado para o investidor com o perfil mais conservador.
    * Preço do título flutua em função da expectativa de taxa de juros dos agentes financeiros.
    * Fluxo simples: uma aplicação e um resgate.

    Se quiser saber mais sobre o tesouro direto é só acessar o site do Tesouro Nacional – www.tesouro.fazenda.gov.br. Lá você também encontra um simulador que mostra o passo-a-passo para iniciar suas aplicações no tesouro direto.

    Fique ligado em nossas mídias sociais que traremos mais informações sobre o assunto. E em caso de duvidas, todos os nossos canais estão abertos!

Comentários